Por que pagar mais? Todos os planos da GetResponse agora com até  
40% de desconto!
Automação para ecommerce: aumente a produtividade da sua loja virtual com estes 5 exemplos práticos
por Michal Leszczynski última atualização em

Automação para ecommerce: aumente a produtividade da sua loja virtual com estes 5 exemplos práticos

É inegável que a pandemia da COVID-19 afetou diretamente o mundo digital. Como consequência, observamos nestes últimos dois anos o grande crescimento das vendas em ecommerce. 

Para termos uma referência, segundo a Neotrust, empresa responsável pelo monitoramento de cerca de 85% do ecommerce brasileiro, somente em janeiro de 2022 houve um crescimento de 21% no setor de compras virtuais em comparativo com janeiro de 2021.

Com esse boom, para melhorar ainda mais a experiência dos consumidores e de administradores de ecommerce, formas de otimizar a performance da empresa e automatizar processos manuais são extremamente necessárias. 

Em um setor em crescimento, as empresas têm muitas oportunidades de desenvolvimento. E o segredo da automação para ecommerce é identificar tarefas repetitivas ou qualquer processo manual que possa ser melhorado com software ou aplicativos. Com essa análise, você tira funções rotineiras e operacionais dos seus funcionários ou até das suas próprias mãos.

Em vez de desperdiçar horas valiosas da equipe, você realiza os mesmos trabalhos automaticamente.

Se você sente que existem processos da sua empresa que podem ser automatizados, está no lugar certo! E se não tem certeza, mas gostaria de aprender mais sobre, também está em boas mãos.

Seja qual for a sua situação, continue conosco para conhecer os 5 exemplos práticos que preparamos para melhorar o rendimento do seu ecommerce hoje!

5 processos de ecommerce que a automação ajuda a otimizar

Antes de mergulhar em cada exemplo específico, vale a pena esclarecer que o caminho para construir uma loja virtual automatizada não é apenas para empresas com grande poder de investimento.

Hoje existem ferramentas gratuitas e de baixo custo que favorecem a programação de tarefas rotineiras em diversas áreas do ecommerce, do marketing até a gestão de inventário.

Vejamos algumas destas possibilidades:

1. Emails personalizados

Quando um consumidor em potencial entra em contato com o seu ecommerce pela primeira vez, sua atenção precisa ser fisgada. Existem algumas formas de mostrar como sua empresa difere das outras, e uma delas é fazer o público se sentir bem recebido com um email de boas-vindas personalizado.

Existem várias situações para enviar uma mensagem de boas-vindas, aplicando o método do email marketing automatizado.

Seja quando o contato assina sua newsletter, quando ele efetua sua primeira compra ou quando solicita um atendimento pelo Serviço de Atendimento ao Cliente. 

Emails como esses são úteis para mostrar aos futuros e atuais clientes como o seu produto ou serviço podem gerar valor para suas vidas e garantir aos novos assinantes que eles fizeram a escolha certa.

Desse modo, um email de boas-vindas personalizado e que se mostre bem pensado, é capaz de melhorar a relação do usuário com a marca e fazer com que um cliente em potencial se torne um cliente efetivo e, no futuro, fiel.

Para criar um email segmentado e adicionar um toque pessoal, você deve:

  • pesquisar e entender quem é o seu público-alvo. Entendendo suas necessidades e vontades, a criação de um email personalizado ficará muito mais fácil e ajudará a empresa a compreender as futuras ações do cliente.
  • Acompanhar as fases da relação entre cliente-empresa. Ou seja, se for um consumidor que acabou de se inscrever, ele precisa ser cativado a realizar uma compra. Se estiver diante de um cliente que efetuou sua primeira compra, seria muito interessante demonstrar o quanto aquela aquisição foi importante para a empresa, na forma de um email de agradecimento, por exemplo.

Quando se trata de mensagens para automação de ecommerces, é importante considerar uma boa ferramenta de email automatizado. Sabemos que o mercado está saturado dessas tecnologias, mas você sabe qual a melhor para o seu negócio?

Se ainda está em dúvida, descubra aqui as melhores ferramentas de autoresponder de e-mail em 2022: veja os prós e contras de cada uma.

Seguindo a linha do email marketing, vamos para o nosso próximo tópico: os carrinhos abandonados.

2. Recuperação de carrinhos abandonados

Entre os anos de 2011 e 2012, somente 19% das 1.000 principais empresas de ecommerce utilizavam algum tipo de email de abandono de carrinho de compras

Atualmente, essa ferramenta é bastante importante para uma loja virtual, pois, apenas em 2021, a taxa de abandono de carrinhos chegou à impressionante marca de 69,86%

Tais dados alertam os profissionais do marketing digital e proprietários de ecommerce, que passam a buscar estratégias para reaproximar o cliente, e conseguir a tão esperada compra. Uma delas, é o envio de mensagens para reengajar compradores que deixaram itens em seus carrinhos.

De acordo com uma pesquisa com 500 marcas globais líderes, 44,1% dos e-mails de carrinho abandonados são abertos e quase um terço dos cliques em emails de carrinho abandonado (29,9%) levam a uma venda recuperada.

Além disso, a janela de tempo para reconquistar o comprador é pequena, visto que, segundo dados da GetResponse, os emails de abandono de carrinho enviados na primeira hora após o abandono têm melhor desempenho. Ficando em segundo lugar os emails enviados em até 24 horas. 

O envio das mensagens pode ser dividido em uma janela de três dias. O ideal é enviar o primeiro na primeira hora após o abandono, o segundo sendo disparado em até 24 horas e o terceiro e último, em até 72 horas. Seguindo essa linha, enviar três emails de carrinho abandonado resulta em 69% mais pedidos do que um único email!

O conteúdo desses envios varia de acordo com cada nicho e público-alvo, mas a ideia é basicamente a mesma: persuadir o potencial comprador a finalizar a compra

Como exemplo, é possível causar a sensação de que o consumidor está perdendo uma grande oportunidade, conhecido como Fear Of Missing Out (FOMO). O email pode, também, explicar a política de devolução e garantia, passando segurança e credibilidade ao cliente. 

Veja aqui 15 exemplos reais de e-mails de carrinho abandonado para se inspirar!  

Outra forma de automação para ecommerce é a segmentação de leads, que vamos apresentar com mais profundidade a seguir.

3. Segmentação de leads

Os ecommerces têm por objetivo a conversão de leads em clientes, aumentando sua rede de consumidores fiéis e recorrentes. O problema é que apenas uma parcela desses leads é realmente convertida. 

É aí que a segmentação de leads entra em jogo! Ela representa um processo de filtragem dessas milhares de oportunidades, permitindo definir uma qualificação para cada cliente em potencial. 

Tal segmentação é um grande diferencial para um ecommerce, pois mesmo parecendo óbvio, os leads têm perfis muito diferentes. Então, ao utilizar uma ferramenta que ofereça essa vantagem, a loja virtual entregará a mensagem mais relevante para o consumidor de forma mais pessoal, potencializando seus resultados.

Essa qualificação automatizada permite que as equipes de vendas e gerentes de ecommerce priorizem outras atividades, sem perder tempo com leads que nunca serão convertidos. Podem, inclusive, dedicar mais energia à análise do caminho que cada cliente percorreu até a decisão de compra, desde o primeiro contato com a marca.

Para visualizar a qualificação, a ideia é dividir os clientes por suas características e critérios.

Como exemplo, a segmentação na GetResponse pode ser por idade, sexo, valor do pedido, localização geográfica, entre outros, favorecendo que você:

  • use um número ilimitado de tags para criar perfis melhores;
  • monitore os índices de envolvimento para avaliar contatos;
  • adicione pontos para cada ação que seus contatos tomam em suas páginas ou emails.

Se não houver uma segmentação de leads eficaz, as mesmas mensagens genéricas serão enviadas a todos. Por consequência, as necessidades reais e específicas dos consumidores não serão atendidas. 

Uma classificação detalhada do comportamento dos leads é essencial para recomendar produtos de forma certeira, por exemplo.

Com um algoritmo de recomendação, que a plataforma da GetResponse também oferece, a tecnologia de inteligência artificial é capaz de correlacionar dados dos usuários para sugerir compras complementares aos produtos que eles já adquiriram na sua loja.

Da mesma forma que a automação de segmentação de leads é importante, o reconhecimento das etapas do seu funil de vendas, e o que fazer com essas informações, tem seu peso.

4. Funis de vendas e conversão automatizados

Um funil de vendas demonstra, de forma ilustrativa, todo o caminho percorrido pelos consumidores. Desde o primeiro contato com a sua loja virtual até a ocorrência da conversão, ou seja, que efetuem a compra e permaneçam conectados à marca. 

Cada ecommerce tem seu próprio funil de vendas, pois depende das especificidades dos seus usuários e produtos. Assim, é possível reconhecer suas etapas, criar e automatizar seu modelo.

Esse modelo de automação é dividido em etapas que facilitam a visualização e a melhoria de sua sequência. Tais etapas são:

  • reconhecimento;
  • consideração;
  • decisão;
  • e fidelização. 

Para compreender o tema de uma forma mais completa, sugiro a leitura deste post completíssimo que preparamos: Funil de vendas no ecommerce: aprenda a estruturá-lo para gerar resultados positivos. 

De qualquer forma, é essencial conhecer quais são os estágios do funil de vendas no ecommerce e as táticas que podem ser aplicadas em cada fase. Quando feito isso, o próximo passo seria ter uma solução de Automação de Marketing completa para impulsionar o seu ecommerce e gerar mais vendas.

funil de vendas automatizado da GetResponse para ecommerce
Os funis de conversão da GetResponse permitem que você monitore a jornada do cliente com clareza.

5. Automação de operações financeiras

Se na vida pessoal já estamos muito avançados nas facilidades que a tecnologia nos oferece, como contas em débito automático, bancos que oferecem atendimento online, investimentos feitos por aplicativo, por que não automatizar operações financeiras em lojas virtuais?

A necessidade de atualizar manualmente recibos, faturas não pagas, emissão de notas fiscais e outros documentos faz com que o gestor perca tempo e deixe de dedicar sua atenção às áreas que estão efetivamente precisando de sofisticação, como análise de dados, melhoria de processos e construção de projeções financeiras.

Existem muitos programas de software que estão disponíveis para facilitar a vida. Essas ferramentas sincronizam automaticamente os dados de vendas para o próprio sistema de contabilidade, mantendo seus registros, calculando impostos e afins. 

Além disso, é essencial que seu ecommerce esteja funcionando de acordo com as leis. Essa burocracia pode ser uma grande dor de cabeça até mesmo para profissionais de contabilidade experientes.

Para que seja possível criar uma gama de consumidores fidelizados, seu ecommerce precisa transparecer uma imagem de confiança e credibilidade. Um fator de grande ajuda, nesse sentido, é a automação das notas fiscais, que são de emissão obrigatória pelo gestor e um direito do consumidor. 

É por meio da notas fiscais que ocorre a comprovação de que houve uma troca comercial, que torna oficial as transações de uma empresa, calcula e autoriza a cobrança de tributos e podem ser apresentadas num momento de vigilância pelas autoridades tributárias.

Mas como funciona a automação das notas fiscais? Esse processo torna a emissão do documento imediato. Assim, ele será gerado sem a necessidade de registrar todos os dados manualmente, evitando o esquecimento ou o preenchimento incorreto. Desse modo, as chances de erro humano são muito menores.

Além disso, a contabilidade automatizada proporciona dados em tempo real, tendo em vista que ela atualiza seus registros assim que os dados estão disponíveis.

Perguntas Frequentes (FAQs) sobre Automações para Ecommerce

Vale a pena usar ferramentas para automação? Por quê?

Com certeza! A automação é o futuro de todos os negócios: ela pode ajudar a remover tarefas manuais e liberar recursos. Em outras palavras, a automação de ecommerce aumenta a qualidade da experiência do cliente (com segmentação e ofertas personalizadas), enquanto permite que as empresas priorizem e reservem tempo para tarefas mais importantes.

Com a expansão do mercado virtual, a concorrência aumenta, estimulando os ecommerces a procurarem ferramentas que os ajudem a obter destaque e conseguir mais vendas.

Tais tecnologias são formas de investimento que permitem que as lojas virtuais atinjam o público-alvo exato que buscam e cultivem um relacionamento direto com ele.

Como escolher a ferramenta ideal para o meu negócio?

Antes de começar a procurar a ferramenta ideal, tente descobrir quais são suas necessidades específicas de automação. Veja onde está repetindo processos e atividades manualmente, além de identificar se algum software poderia economizar tempo e dinheiro naquela área.

Agora, você precisa encontrar uma plataforma que corresponda a essa lista e testá-la. A melhor forma de definir qual é a mais indicada para sua empresa será na prática, e muitas ferramentas permitem que o usuário tenha um período de teste gratuito. 

Portanto, veja revisões de produtos, crie contas de demonstração e compare a sua experiência com cada sistema, orçando custos e projeções de retorno financeiro, para tomar a decisão mais precisa.

Concluindo

Não restam dúvidas que o mercado atual é competitivo e volátil. Podemos, em breve, viver em uma realidade na qual os ecommerces prevaleçam sobre os já antiquados shoppings físicos. 

De acordo com a pesquisa elaborada pela Canuma Capital, citada pelo Estadão, nota-se que as vendas online ultrapassaram as realizadas em shoppings no ano de 2021, com uma diferença de faturamento de 70 bilhões de reais.

Além disso, houve um crescimento considerável com relação ao ano de 2019, registrando um avanço de 160 bilhões de reais.

Esses dados expressivos são resultados de ecommerces cada vez mais preparados e atualizados, que se utilizam das facilidades que a tecnologia traz. 

Um bom email de boas-vindas, técnicas para evitar carrinhos abandonados, funis de vendas automatizados, critérios escaláveis de segmentação de leads e operações financeiras programadas, todas apresentadas neste post, são apenas algumas das várias ferramentas que contribuem para o diferencial de um ecommerce de sucesso

Tudo pronto para levar sua estratégia comercial a outro patamar? Então, experimente e conheça todo o potencial da GetResponse para a automação do seu ecommerce, começando sem nenhum custo!

Inscreva-se para receber dicas atualizadas e os posts mais populares

A GetResponse S.A. precisa dos dados contidos neste formulário para lhe enviar os materiais solicitados. Para mais informações, leia a nossa Política de Privacidade.

Agradecemos a sua inscrição!

Enviaremos um email de confirmação em breve.

Escreva para o blog da GetResponse!

Escreva para nós