Como criar uma landing page de alta conversão para a sua marca em 2024

16 min
Atualizado:

A landing page é uma das principais ferramentas do marketing digital e desempenha um papel crucial no sucesso geral dos seus esforços de comunicação.

Com uma landing page bem elaborada, você pode simplificar bastante o processo de geração de novos leads e clientes.

Fazer uma página de conversão é fácil hoje em dia, mas há muitos fatores a considerar para ser eficaz. Alguns deles são:

  • títulos;
  • CTAs (“chamadas para ação”);
  • texto;
  • formulários;
  • e outros.

Neste artigo, apresento os passos necessários para criar uma landing page poderosa. Você também verá exemplos inspiradores, boas práticas de design e dicas de como escolher a melhor ferramenta de edição. Vamos lá!

Guia para criar uma landing page de alto nível

Nunca é tarde para reforçar o valor estratégico de uma landing page.

É o espaço ideal para converter os visitantes do site em leads, que são usuários qualificados porque ofereceram certas informações pessoais. Estes podem ser transformados em clientes após uma sequência de interações com a marca.

Por isso, vamos ver os fatores que você não pode ignorar ao criar a sua landing page.

1. Defina um objetivo claro para a página

O principal objetivo de uma landing page é fazer com que o usuário realize uma conversão, que é uma ação específica determinada pelo site.

Alguns exemplos de conversões são:

  • assinar uma newsletter;
  • baixar um ebook;
  • inscrever-se para assistir um webinar;
  • comprar um produto;
  • marcar uma demonstração gratuita;
  • acessar outra página;
  • etc.

Todo o design e conteúdo da sua landing page dependerá do objetivo atribuído a ela. Se pretende conquistar um cliente a partir da página, a sua mensagem deve ser mais focada no produto ou serviço que oferece, pois, o usuário estará na fase final do funil de vendas.

Por outro lado, uma landing page de inscrição à newsletter pode ter uma abordagem mais relaxada e informativa, porque é um recurso para fomentar uma relação duradoura com as pessoas.

Dependendo do objetivo da sua landing page, você também definirá os canais em que vai promovê-la. Por exemplo, se quiser lançar um ebook gratuito que criou para educar um público mais extenso e gerar leads, pode compartilhá-lo no Google Ads, no Instagram, na sua newsletter ou no seu blog.

Por outro lado, uma landing page de demonstração de um produto tem um enorme potencial para gerar vendas diretas. Por isso, é melhor enviá-la a uma lista mais reduzida de contatos qualificados, que estão realmente prestes a comprar.

Existem diferentes tipos de landing pages e você pode escolher a mais compatível com o seu objetivo. Vejamos alguns deles:

  • Thank you page: uma página de agradecimento que o usuário vê quando acaba de concluir uma conversão.
  • Squeeze page: perfeita para converter visitantes em inscritos de newsletters, por exemplo. É mais curta e didática.
  • Páginas de vendas: ideais para mostrar as vantagens de um produto ou serviço e levar o visitante a comprar. Têm uma mensagem comercial mais agressiva.
  • Landing pages de anúncios: é aqui que chegam os usuários que clicam no anúncio da sua marca. Pode aproveitar para criar uma mensagem que dê continuidade ao texto do anúncio em que a compartilhou, para manter o interesse da pessoa na sua oferta.
  • “Em breve”: estas landing pages são muito interessantes para gerar expectativa sobre um lançamento da sua marca. Você pode usá-la para promover um novo curso, por exemplo, e atrair alunos com antecedência.

Lembre-se que as landing pages são verdadeiros recursos estratégicos para o seu plano de marketing. Por isso, não basta ter um design incrível e um bom conteúdo se não tiver um objetivo claro para a página.

2. Prepare o seu formulário de conversão

A maioria das landing pages tem um formulário digital para o usuário preencher seus dados, que a empresa usa para entender suas preferências e objetivos, colocando-o em uma de suas listas de segmentação depois.

O formulário é crucial para determinar a taxa de conversão da sua página. Se for longo demais, pode incomodar o visitante e levá-lo a abandonar o site. Mas caso seja muito curtinho, corre o risco de recolher uma quantidade reduzida de dados.

Editor’s note

A janela emergente é um dos tipos de formulários mais utilizados, mas também um dos mais arriscados, pela percepção negativa que muitos usuários têm sobre eles. Se quiser acertar a mão, confira a nossa lista de exemplos de pop-ups eficientes e faça o seu.

Além disso, é necessário garantir que as informações solicitadas são compatíveis com o contexto da página e com o público que a visita.

A única ação que você quer que o visitante conclua tem que ser enfática e óbvia. Coloque um grande formulário de registro na sua landing page e dê a ele um destaque visual.

Tente posicioná-lo na parte superior da tela, ou antes do meio, para que ninguém o ignore. Se a página for muito longa para ser rolada, duplique o formulário para aparecer também na parte inferior.

A não ser que já tenha decidido tudo o que quer saber dos seus visitantes, é melhor se limitar ao essencial e manter o formulário o mais curto possível.

Cada campo que acrescentar pode aumentar a fricção do usuário e reduzir o número de conversões — e o impacto pode ser drástico.

De acordo com o último benchmark de email marketing da GetResponse, você pode obter uma taxa de conversão de 3,07% se tiver dois campos de formulário na sua landing page. No entanto, se houver 3, sua taxa pode cair para 60,3% e chegar a 1,22%.

Fica ao seu critério se vale a pena comprometer os seus resultados para obter os dados extra que procura.

No fim das contas, você pode fazer experimentos em páginas menores para testar um novo design, campo de informação ou estilo de redação. Se conseguir bons resultados, pode replicar a mudança para as landing pages mais importantes.

Mas tenha cuidado, existem outras formas de acessar essa informação de qualidade sobre os seus visitantes, por exemplo, incluir botões interativos nos seus emails para descobrir as suas preferências sobre um determinado tópico.

3. Escreva uma mensagem poderosa

Pode utilizar o texto da sua landing page para apresentar uma visão geral do seu produto e do impacto que terá na vida do usuário se for comprado. Tente ser conciso. Escrever de forma direta e clara é uma arte. 

Enfatize também os benefícios do seu produto ou serviço, porque, no final, é essa a proposta de valor que leva o visitante a se tornar um lead ou cliente na sua página.

Tudo começa com o título, um dos elementos mais importantes de uma landing page, porque concentra a essência da sua mensagem e mostra o que o usuário pode esperar. Não utilize frases clichês e palavras muito longas, pois complicam a interpretação do leitor sobre o que você está oferecendo.

As pessoas que chegam à sua landing page já viram algo sobre a sua marca, pelo menos um anúncio, e estão prontas para concluir a ação que pretende que elas realizem. Por isso, não se desvie do objetivo da página e escreva uma mensagem que os convença.

As listas de tópicos (como a que verá na próxima linha) são uma ótima forma de abordar vários pontos de uma só vez, sem cansar os olhos do leitor. Veja estes dois tipos de abordagens que pode incluir no seu texto:

  • Testemunhos de clientes: inclua pequenas frases de pessoas que viram o seu curso ou compraram a sua consultoria, por exemplo, para que o usuário imagine os mesmos resultados e queira preencher o seu formulário.
  • Storytelling: o storytelling é uma tática poderosa para atrair a atenção. Você pode narrar sua história de sucesso e mostrar como o usuário se sentirá ao ler seu ebook ou contratar seu serviço, por exemplo.

Mais adiante você verá um exemplo da primeira estratégia em uma landing page.

4. Escolha imagens que atraentes

Uma boa landing page contém pelo menos uma peça de conteúdo visual. A principal motivo é que as páginas geram mais engajamento quando têm imagens.

Alguns estudos também afirmam que o cérebro humano processa elementos visuais com mais velocidade e qualidade do que o texto. No entanto, isso só acontecerá se o conteúdo visual estiver alinhado à mensagem e à oferta em questão, com imagens que reforcem a sua proposta. 

O Slack faz um trabalho espetacular nas suas landing pages de materiais gratuitos, com elementos visuais destacados e um pequeno “aperitivo” do conteúdo que o usuário vai acessar.

exemplo de landing page de ebook do slack

Além das imagens, pode incluir pequenos vídeos nas suas landing pages. Por exemplo, se quiser vender um software, tem a opção de colocar um vídeo que explique como a ferramenta funciona na prática.

5. Inclua um CTA claro e direto

O título, os elementos visuais e o conteúdo principal da sua landing page devem acompanhar um botão de CTA (chamada para ação) super eficiente. No final das contas, seria muito triste se você acertasse nos aspectos acima e vacilasse no único lugar onde as pessoas clicam para converter.

Como criar um CTA poderoso para landing pages? Em primeiro lugar, o botão deve indicar claramente o que você pretende que o usuário faça: quer que ele se inscreva em uma lista de email ou abra uma conta gratuita? Use verbos adequados para descrever e esclarecer a ação que definiu como objetivo.

Depois, crie um CTA breve, mas significativo. Pode incluir uma ou duas palavras para reforçar a proposta de valor. Por exemplo, em vez de dizer apenas “Inscreva-se” para uma conta de software gratuita, diga algo como “Experimente a ferramenta completa sem custos”.

Além disso, o seu CTA precisa de chamar a atenção na landing page. A utilização de botões com cores contrárias ao fundo da tela pode aumentar os seus cliques. De qualquer forma, é necessário fazer testes A/B com diferentes versões do seu CTA até encontrar o botão ideal para o seu público.

Finalmente, você tem que descobrir o melhor lugar na página para colocar o seu CTA. Isso não precisa de ser complicado se a sua landing page for pequena. Mas para as mais longas, terá de incluir o seu CTA em pontos estratégicos da página para que os usuários o vejam e cliquem.

4 exemplos de landing pages inspiradoras para criar a sua

Aproveite as experiências das empresas que dominam a ciência de criar landing pages de alta conversão.

E não se preocupe, nós fizemos a nossa pesquisa para encontrar uma lista de excelentes landing pages e explicar as melhores práticas delas. 

Vamos direto ao ponto.

Uber Freight

A landing page da Uber para envios logísticos é um ótimo exemplo da premissa “menos é mais”. Desde o seu design simples até o texto claro e objetivo, esta página atinge certamente o seu objetivo — atrair novos clientes.  

Falando de copywriting, a landing page da Uber é uma vencedora porque compila várias vantagens do serviço em um só parágrafo, sem enrolação.

Nesta página não há um formulário com vários campos, mas o CTA leva o usuário para outro espaço para enviar os seus dados. A mensagem é muito direta e não deixa dúvidas: “Começar”.

Outros pontos relevantes da landing page da Uber são: 

  • imagens que complementam a mensagem de conversão e são fáceis de entender;
  • depoimentos de clientes satisfeitos;
  • informação sobre a rede de transportadores credenciados da Uber, o que permite selecionar os usuários com base na credibilidade da empresa.

Workable

Se quiser encontrar exemplos de landing pages para gerar leads, a Workable é uma fonte de ideias muito confiável. 

A empresa utilizou a tendência minimalista nesta página, incluindo apenas o essencial para atingir o objetivo. Além disso, o seu público de gestores de RH e recrutadores procura rapidez na tomada de decisões.

workable exemplo de landing page

Ao compreender as características e necessidades de seus clientes ideais, a Workable criou uma landing page impecável.

Outro ponto que demonstra isso é o formulário, que é extremamente fácil e flexível, pois oferece diversas opções de cadastro, incluindo LinkedIn e Google. 

Aqui vão algumas dicas de design que podemos ver neste exemplo:

  • orientação para os benefícios: a mensagem escrita destaca as vantagens de utilizar o software, com o formato simples da lista de pontos.
  • Credibilidade pelos prêmios: ao incluir os ícones de “melhor plataforma” na parte inferior, a Workable incentiva o reconhecimento da marca.

Babi Tonhela

Os criadores de conteúdo podem utilizar o poder das suas marcas pessoais para impulsionar as conversões em uma landing page.

Isso é o que Babi Tonhela, uma especialista em ecommerce, faz na página promocional da sua formação.

A mensagem escrita desafia o leitor com a imagem de autoridade da Babi e da Maior Escola do Brasil. Além disso, comunica uma projeção muito interessante para quem quer ser consultor especialista em ecommerce: fechar contratos de R$ 6.000 ou mais.

Para alinhar as expectativas, a landing page também tem uma seção que detalha os objetivos do treinamento e a quem ele se destina. 

Se o usuário continuar rolando a página para baixo, ele encontrará: 

  • as principais vantagens do curso.
  • Seus conteúdos.
  • Depoimentos de pessoas que já participaram da formação. 

Miro

Você foi um dos que tiveram que abandonar os escritórios devido à pandemia e começar a trabalhar no modo home office? Se sim, sabe muito bem como é difícil interagir com todos os seus colegas de forma eficiente. 

Claro que pode utilizar o Google Docs, mas não é perfeito se quiser adicionar imagens ou recolher ideias de vários colegas ao mesmo tempo. 

A plataforma Miro ajuda a superar estes desafios e procura que a sua landing page paraconsultores traduza o cenário atual das relações de trabalho.

miro landing page para consultores

O título chama a atenção porque indica o efeito positivo que o software pode provocar na relação com o cliente no ambiente virtual.

A imagem em destaque é muito apropriada para o contexto, porque demonstra fortemente o esqueleto visual da plataforma da Miro, que a distingue no mercado. 

Em seguida, colocam os logotipos de consultores que utilizam a plataforma, o que pode gerar um bom impacto no segmento específico de clientes a que se dirigem. 

Mais abaixo, são apresentados os principais casos de aplicação da Miro, para que o visitante possa descobrir se o software pode efetivamente proporcionar a solução que procura.

Como escolher a melhor ferramenta para criar a sua landing page

Antes de prosseguir, tenho de confessar que você pode, de fato, criar uma landing page sem uma plataforma específica para isso. 

Se você é um desenvolvedor ou está interessado em design e HTML/CSS, será capaz de construir uma landing page excelente sem ferramentas externas (embora você tenha que hospedá-la em algum lugar). Mas eu não recomendo essa abordagem em nenhum caso. 

A ideia de utilizar landing pages para as suas campanhas de marketing depende da rapidez com que pode colocá-las no ar. 

Você quer criar a sua landing page e gerar tráfego para ela em um dia, no máximo, e não em meses. Um bom editor de landing pages vai ajudar a completar a sua página de imediato.

A maioria das ferramentas, incluindo a GetResponse, oferecem uma série de recursos para criar páginas de forma rápida e intuitiva.

Alguns das que você vai encontrar na nossa plataforma são: 

  • templates de landing page profissionais para diferentes objetivos e campanhas;
  • opções de customização de design e estilo;
  • hospedagem e certificado SSL;
  • otimização para dispositivos móveis (“design responsivo”);
  • banco de imagens gratuito;
  • possibilidade de conectar o seu nome de domínio existente;
  • testes A/B;
  • métricas de desempenho;
  • recursos de otimização para buscadores;
  • integrações com ferramentas de análise, como o Google Analytics;
  • integrações com ferramentas de marketing, como software de email marketing ou webinars.
editor de landing page da getresponse exemplo
O editor de landing page do GetResponse, que permite criar versões móveis e modificar o desenho usando o modelo de arrastar e soltar (arrastando os elementos na coluna da direita).

A ferramenta da GetResponse também tem um algoritmo de IA para criar as landing pages com base em comandos do usuário. Você só precisa informar:

  • os elementos que quer incluir na página;
  • a área em que a sua empresa atua;
  • uma descrição de poucas frases sobre o seu produto ou serviço;
  • os esquemas de cores que prefere colocar na página;
  • alguns dados institucionais da sua empresa.
recursos de edição com IA para landing pages da GetResponse

É uma opção interessante, porque acelera o processo de elaboração das páginas, mantém a consistência da marca e garante uma configuração padrão com as melhores práticas de conversão.

Mas e o toque humano? Ele continua! Afinal, você consegue modificar as sugestões de templates produzidas pela IA do jeito que quiser, assim eles não vão ter a mesma aparência de outras empresas do mesmo setor.

Para escolher o melhor criador de landing pages, é importante lembrar os objetivos que você definiu e suas preferências de design. 

Você pode criar landing pages de alta conversão com qualquer ferramenta que tenha essa função. Mas a plataforma escolhida deve oferecer bons modelos, ser fácil de usar e combinar bem com outros programas de marketing que já utiliza, como ferramentas de campanha por e-mail. 

Se quiser ver o Editor de Landing Page da GetResponse em ação, assista ao vídeo tutorial a seguir (em inglês com legendas automáticas em português): 

Conclusão

Graças à evolução tecnológica, nunca foi tão fácil criar landing pages de alta conversão como agora.

Com a ferramenta certa, você pode elaborar páginas que tenham uma ótima aparência e convertam o suficiente para dar sucesso aos seus projetos, negócios e campanhas. 

Além disso, não precisa passar vários meses concebendo “a landing page perfeita” na esperança de ter um bom desempenho. Como alternativa, pode publicar diferentes versões da página e efetuar testes A/B para descobrir qual delas é a vencedora.

O que está esperando para começar a explorar algumas possibilidades criativas? Crie sua conta de teste grátis de 30 dias na GetResponse agora mesmo e brinque com nossos templates para fazer sua estratégia decolar.


Michal Leszczynski
Michal Leszczynski
Michal Leszczynski é um profissional experiente no desenvolvimento, na implementação e condução dos mais diversos projetos de marketing de conteúdo, atuando como Head de Marketing de Conteúdo e Parcerias na GetResponse. Ele tem uma trajetória de mais de 9 anos no marketing digital, com um diploma de Mestrado Científico em Marketing Estratégico e Consultoria pela Universidade de Birmingham (Reino Unido). Michal é o autor de mais de 100 artigos, ebooks e cursos da GetResponse e de outros sites renomados, como Crazy Egg e Social Media Today. Você o encontra no LinkedIn. Conheça mais sobre o Michal.